Cerveja – BURGMAN MIDNIGHT RIDERS WEISS

E ae, galerinha do mau! Sussa?

Seguinte: faz algum tempo que tomei essa cerveja e não gostei. Simples assim, rsss. Brinks.

Tipo, o que mais me agrada em qualquer cerveja é o sabor concentrado, intenso, aquele sabor caprichado. Não sou o maiooor fã de Weiss, mas gosto sim, como por exemplo: Primátor e Paulaner. Essas são muito saborosas.

Quando estava num bar vi esse rótulo no frízer e curti pacas o design. Pensei: Deve ser boa pra cacete. Quando abri na casa de um amigo, servi no copo de 600ml com todo o ritual da reboladinha (huummmm kkkk) e bebi veio a decepção: muito suave, sem graça, sem aroma. Não é alcoólica nem saborosa, achei aguada. Por exemplo: quando você toma Heineken e SOL, os sabores são bem diferes, forte e suave, nesse caso o tipo de cerveja (American Lager) ajuda muito. Eu gosto muito da SOL, acho bem leve e perfeita pra grandes quantidades no calor. No caso das cervejas de trigo eu espero algo bem saboroso, uma cerveja bem rica em aroma.

Procurei um pouco sobre no site, e descobri que esse é um rótulo comemorativo da Fun Weiss (a cerveja de trigo da Burgman), em homenagem a comunidade motociclística Midnight Riders. Não sei se a original é diferente ou se apenas mudaram o rótulo, mas de qualquer maneira essa versão não me agradou.

Dik: a pronuncia correta do termo Weiss é “VAIS”.

BURGMAN MIDNIGHT RIDERS WEISS:

Origem: Brasil, Sorocaba – SP.

Tipo: Weiss.

Teor alcoólico: 5,5.

Preço médio: R$12,00 – 600 ml.

Nota final: 2, o rótulo é bem maneiro.

BURGMAN MIDNIGHT RIDERS WEISS

Por: Felipe Spadoni: Publicitário, nerd, campista, e, para azar de muitos, imitador de cantor de metal.